Bula - Lamivudina

Marcadores:

Indicações de Lamivudina

Infecções por HIV com indicação de terapia anti-retroviral. Deve ser usado como parte de um regime de múltiplas drogas (pelo menos três anti-retrovirais) infecções pelo vírus da hepatite B na evidência de replicação viral e inflamação hepática aguda.

Efeitos Colaterais de Lamivudina

Cefaléia. Insônia. Fadiga. Mal-estar, tontura, depressão e febre. Dor abdominal, anorexia, dispepsia, náusea, vômito e diarréia. Exantema. Febre. Pancreatite. Neuropatia periférica. Parestesias. Tosse e sintomas nasais. Neutropenia e anemia. Mialgia e artralgia. Elevação de transaminases e amilase.

Como Usar (Posologia)

Adolescentes e adultos: 150mg VO, 2 vezes ao dia.

Adultos < 50kg: 2mg/kg VO, 2 vezes ao dia.

Prevenção de infecção pelo HIV após acidente pérfuro-cortante: 150mg VO, 2 vezes ao dia (associado à zidovudina e inibidor de protease).

Hepatite B: 100mg/dia VO.

Contra-Indicações de Lamivudina

Hipersensibilidade ao fármaco.

Precauções

Insuficiência renal. Não utilizar se o clearance de creatinina for < 5ml/minutos.thistória ou fatores de risco para pancreatite.

Risco de hepatite recorrente após descontinuação da droga em portadores de hepatite B.

Modo de Uso (Posologia) de Lamivudina

Adolescentes e adultos: 150mg VO, 2 vezes ao dia.

Adultos < 50kg: 2mg/kg VO, 2 vezes ao dia.

Prevenção de infecção pelo HIV após acidente pérfuro-cortante: 150mg VO, 2 vezes ao dia (associado à zidovudina e inibidor de protease).

Hepatite B: 100mg/dia VO.

Forma(s) Farmacêutica(s)

1) Comprimido Revestido 150 mg ( Eurofarma, Ranbaxy )

Interações

Aumenta a concentração máxima da zidovudina em cerca de 39%.

Trimetoprim/sulfametoxazol eleva os níveis plasmáticos da droga.

Laboratórios

Eurofarma, Ranbaxy